quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Antídoto

A vida parece uma caixa de remédio. É preciso precaução antes de tomar qualquer que seja a dose, melhor se for de forma assistida, se torna seguro quando a gente tem uma certa certeza de que não estamos abrindo uma tarja preta sozinhos.
É uma analogia ao que aprendi com meu sobrinho de cinco anos -Rafael- hoje logo após o meio dia.
Pra ele esta é a hora mais chata do dia. A vó manda dormir, a tia Lili chama pra dormir e até o papai do céu vira bicho papão. Se não dormir ele fica brabo. Ou mais assustador que o papai do céu bravo é a possibilidade de que; caso ele não durma, pare de crescer e fiquei pra sempre criança. Quer coisa mais ruim que ser criança pra sempre?! Baita blasfêmia. A hora do soninho, do cochilo da tarde é um saco pra ele. E pior pra quem cuida dele.
Pois é nessa hora -a hora em que brincar é melhor, correr é melhor e que tudo parece mais legal de fazer do que ir pra cama- que a "tia" Josi entra em ação.
Por algum motivo que nem ouso querer definir qual seja, eu sirvo de antídoto contra a hora chata. Bastam dez minutos deitada ao lado dele segurando suas mãos branquinhas e ele adormece. E eu durmo junto com um certo pretexto - vai que eu levante da cama e ele acorde dizendo : -Te enganei!-. Certo mesmo é a facilidade com a qual ele dorme. E mais certo ainda é a minha sogra faceira que eu almoçei lá e o Rafa vai dormir hoje sem retrucar!!!!
Hoje ele dormiu feito anjo segurando firme minhas mãos e por milagre, não adormeci, fiquei observando ele dormir e pensando em como é bom agente ter alguém que nos tranquilize e nos faça adormecer quando não conseguimos pregar os olhos por mais exaustos que estejam. 
Como um médico faz bem as vezes, seja ele um médico da saúde do corpo, seja ele um médico da alma. Hoje eu queria um médico da alma, que segurasse minhas mãos bem firme e não dissesse uma só palavra. Apenas sentisse o que estou a sentir.
Seria bem bom ser o meu próprio antídoto, mas os amigos existem pra que agente não tome remédios sem ler a bula.

2 comentários:

Juliana disse...

Olá Josi...
Não sei se vai lembrar de mim sou a Juliana irmã da Veri e da Jack do CLJ, fiz o primeiro do Vic. Gravataí... Bah guria que legal encontrar vc aqui nesse blog, alem do mais parabáns pelo teu blog, adorei tuas postagens, vc escreve bem! Parabéns pelo filhote que vem chegando ai também que te traga ainda mais felicidade e alegrias...
Também fiz um blog pra mim, como é bom se expressar um pouco né.. acaba como um vícil, vícil como eram os diários antigamente que o blog tbm não deixa de ser né...

http://juliana-tsv.blogspot.com/

Esse é o meu se quiser olhar...
Eu me casei, com o Regi que também era do CLJ lembra? Temos um filha a Nátaly de 1 ano e meio... maravilhosa... babona que só eu...

Tua filha é linda tbm...
Bom era isso, só passei para te dar oi, matar a saudade, parabenisar pelo teu blog, e meus sinceros desejos de uma gravidez tranquila, e proveitosa...

Um grande abraço.
Juliana.

Josi:) disse...

claro que lembro sim! tbm tenho saudades! beijo juuuu