segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Bem vindo 2012

O ano começou e eu ainda não tinha tido ânimo pra sentar e publicar no blog todo oq ue vem aocntecendo, eu escrevo todo dia como de costume, mas são pensamentos vagos, que vão e vem nos momentos menos previsíveis.
A caneta vem e vai passeando pelo papel e registrando pro sempre o que vou vivendo, vendo ou simplismente inventando ou pensando. Pra que as coisas nçao se percam.
Eu tenho necessidade de não esquecer.
Preciso saber o que eu fiz o que eu quis quem eu vi o que vivi o que sonhei quem conheci... sim sem vírgulas, elas prendem o que eu desejo deixar solto.
Essa necessidade que brota em mim desde que em conheço por gente é a mesma necessidade de alguem que está sob o sol escaldante do deserto do Sahara e pede por água. Algo físico. Bruscamente letal. Perigoso até.
O ano de 2012 iniciou solitário pra mim. Olhei os fogos da virada do ano pela janela do apartamento, eu e a Manu. A cada estouro e a cada brilho colorido no céu eu ia rezando e pedindo por favor senhor por favor eu não desejo nada além de perseverança e serenidade. Ia eu balbuciando baixinho essas duas palavras como se elas tivessem algum poder incalculável enquanto minhas mãos iam enrolando os caxinhos dos cabelos da Manu já adormecida no meu colo e algumas lágrimas brotavam nos meus olhos.
Hoje lembro bem que no amanhecer do dia primeiro diante de malas pra uma viajem pra Santa Catarina eu agradeci por ter tido a oportunidade de deixar no ano que ficou lá atras tudo aquilo que eu julgava não querer e ter nascido no ano que estava dando as caras a unica necessidade que meu corpo precisa de verdade... me aproximar de mim mesma.
Este ano vou planejar menos, chorar mais, gritar e espernear por aquilo que eu quero e me preocupar menos com o que os outros vão falar.
Estou aqui viva, sem muitas preocupações e apenas com o tempo ocioso e dorminhoco pela frente, com minha saude já reabilitada, dias de sol e dias de chuva, muitos livros e cheia de novidades... visitei lugares diferentes fui no inferno e no paraiso e não tenho recusado muitos convites para o novo.
Este ano de 2012 nasceu com cara de fruta da estação. Boa naquele momento. Ali na frente nasce outra fruta, outro gosto e lá mais adiante mais uma... tudo ao seu tempo.
Aprendi com o congresso uma outra forma de auto gestão... não grade. Apliquei na minha vida e simbora!
Vou citar aqui duas pessoas maravilhosas que Deus me apresentou este ano e quero levar pra todo o sempre Suellem e José henrique. Eis dois anjos que cairam do céu!
E claro... minha melhor amiga, minha anjinha dos tempos bons e ruins e a maior alegria deste ano... a Samantha Denardim, mais uma vez o cara lá de cima me provou o quanto é bom esperar e mais uma vez me jogou diante do destino... redondo feito carrosel.
Nas voltas que a vida dá... o que é importante vamos reencontrar!
Amém!
Bom 2012 a todos.

Um comentário:

Pr. Bessa disse...

Meus parabéns! Gostei muito do seu blog. Que o Senhor Jesus Cristo te abençoe, abundantemente.

Visite o meu blog e me adicione ao seu. Vamos fazer uma parceria. Aguardo sua confirmação.

Acesse: http://iijesuseocaminho.blogspot.com

Abraços.