quarta-feira, 22 de abril de 2009

Para meus olhos castanhos...


Ah pois é...
Hoje a declaraçãoé para a pessoa que me ensinou a amar incondicionalmente, na alegria do sorriso e na tristeza da lágrima, e mais ainda, me ajudou a descobrir que amar quando é mais fácil odiar, é simples. Basta respirar fundo, olhar nos olhos e sorrir.
A minha linda pequeninha dos olhos castanhos, boquinha de "bijú" e mãosinhas de fada: Manoela, mamãe te ama. Hoje mais que ontem e muito menos - acredite!- muito menos que amarei amanhã...

Manu:


Dá pra ver que vai dar certo
É lindo, é de verdade
Ter você assim bem perto á ter felicidade
É bom demais
Mesinto em paz se ao seu lado estou
Eu sinto que é amor, sinto que é amor,
Antes de você o mundo era diferente,
O meu jeito de viver mudou tão derrepente (e pra melhor)
O meu coração só quer ir onde você for,
É claro q é amor, é claro que é amor (ilha eu te amo)
Está na cara não da pra negar pra quem quiser ver
Eu te preciso, eu vivo pra te amar e te cuidar, assim seja sempre!
Jamais senti no coração um sentimento forte assim
Está bem claro isso é amor meu amor por ti, teu amor por mim,
O meu caminho é onde você for e mesmo longe estarei lá contigo,
Você é tudo que eu busquei, tudo que eu sonhei pra mim.
Da pra ver em cada gesto, em cada momento (lindos momentos)
Da pra ver o quanto é forte o nosso sentimento (não tem fingimento)
A vida se fez tão azul tão alegre, tão mais feliz,
Tudo virou flor depois que a minha Manu chegou,
Só pode ser amor, só pode ser amor docinho, só pode ser amor.

Com olhos marejados de saudade, (minha flor está na creche) desejo a todos um lindo dia!
Beijos mil!!! Até logo mais amiguinhos!

2 comentários:

douglasfert disse...

As vezes eu esqueço o quanto uma criança pode nos ensinar, principalmente sobre o amor, com apenas um olhar e um sorriso :)

Cathy disse...

aaaaaah, e ó os cachinhos *-* ela é lindaaaaaaaaa. parabéns mamis