quarta-feira, 14 de março de 2012

Standbay pra perder as contas

As vezes entro em standbay.
Um processo lento vem aterrorisando meu cérebro e o deixando calmo ultimamente, abrindo espaço pra eu descobrir o eu mesma -Muito prazer, Josi! Sou eu, Josi!
Aquilo que parece, é. Plantei, colhi. Este ano quero semear.
Volto a publicar no blog a frase "este ano começou bem, e a cada dia está melhor, coisas que não planejei, só desejei, estão aocntecendo naturalmente."
Pessoas entrando na minha vida e mudando tudo a todo tempo, acrescentando, somando, multiplicando. Nada até agora aconteceu de forma predestinada. Tudo foi rolando, ocupando espaço de ofrma livre, solta e aconchegante. Me parece conto da carochinha, mas até a tal carochinha resolveu bandiar pro lado de lá.
Desistir não é sinal de perder ou de fracassar. Deixar as coisas seguirem seu rumo sem interromper o curso é uma das coisas que eu mais trabalho em mim este ano pra evitar as afobações do ano que findou. E é deixando tudo fluir livre leve e solto que eu consegui mudar meus dias, minha rotina e melhorar minha vida insana, por vezes maluca, umas vezes mau humorada outras simpática.
Eu sei que ando perdendo as contas... 
Perdi as contas de quantas vezes só nesta semana, eu topei com gente do bem, que me quer bem como diz o Silvestre, meu colega de trabalho. Perdi as contas de quantos botões de não curti eu apliquei no facebook afim de deixar claro que não sou sempre legal sem me preocupar com o social certinho. Perdi as contas de quantas vezes olhei pra minha melhor amiga e mandei ela pra\quele lugar lá longe sem receio dela virar a cara e gritar "-nojinho!". Perdi as contas de quantas vezes só neste mês, tive oportunidade de cantar com gente bacana sem esforço. Perdi as contas de quantas pessoas entraram no meu círculo de Amigos que posso contar em todas horas. Perdi a conta do número de e-mails que recebo de correntes e que respondo QUEBREI ESSA BOSTA não vou enviar pra ninguem. Perdi as contas tentando descobrir qual foi a minha ultima crise de paranóas existencial que vivi. ..
E por ai vou perdendo as contas... ficando em standbay quando preciso e consigo (porque infelismente muitas vezes minha lingua fala demais antes do cérebro captar a informação), obedecendo o meu limite e o limite do outro, coisa que aprendi depois de muito tombo levar.
2012 está me trazendo surpresas, pessoas, presentes, sucesso pessoal, aprendizados, música, ar, livros pra apoiarem o pésinho da minha cama e trabalho. Muito trabalho pra encher a cabeça e bagunçar minha rotina que estava arrumadinha demais.
Ontem mesmo o Jean me acompanhou na parte da tarde (e eu o enlouqueci).
Fiz três visitas à clientes comerciais do Jornal entre 15horas e 16horas e 45 minutos, as 17 horas fui para uma reunião na Câmera de Vereadores de Cachoeirinha, as 18horas iniciou a Plenária aberta para a comunidade, as 20h nos reunimos para ensaiar (denovo! pela segunda vez no dia) e conversar sobre a nova composição da música que estamos fazendo juntos e por volta das 22horas o Táxi do Marcelo já me esperava para mais uma noite sertaneja na Next Pub Bar, para juntos dos meus amigos queridos fazer um som até a madrugada iniciar.
Os dias são corridos mas são cheios de atividades que eu amo com pessoas que eu adimiro.  Tudo sem forçar a barra, tudo acontecendo naturalmente, convites e oportunidades chegando sem muito esforço apenas por reconhecimento e eu agradeço todo dia a deus por estar me proporcionando tudo isso, pois ele guia todos os caminhos e todas as pessoas que coloca em meu convívio.
Aliás.. meu celular acanou de tocar, a Cacau lá da Santa Maria enviou uma mensagem dizendo: Josi envia portfolio do teu projeto socio ambiental, amanhã tem reunião na smed daqui da cidade e eles estão muito interessados em te trazer pra desenvolvê-lo em Maio!
Eita paizão do céu obrigada!

2 comentários:

Folha! disse...

Pois eh, como já dizia Dr. Bob Marley

" Amo a liberdade, por isso as coisas que amo deixo-as livres.
Se voltarem é porque as conquistei
Se não voltarem é porque nunca as tive . "


E tudo aquilo que volta, assim como todo esse seu trabalho, as pessoas percebem, entendem e divulgam.

Graças a você e sua amiga Cacau pela amizade e trabalho que desenvolve !!

Muito bom o que você escreve, o post de ontem (15/03) é pura verdade... Por isso todo dia quando acordo eu agradeço pelo tempo, seja chuva para molhar as plantas, sol para secar e atiçar, nublado pela temperatura ambiente. Seja chuva ou seja sol, frio ou calor temos sempre que agradeçer.

Um beijo,
Henrique Monjardim

Ale_Unhas disse...

Olá Tudo bem?
Gostei do Seu Blog e Já estou Seguindo..!
Voce gosta de unhas personalizadas?
Da uma Olhadinha no Blog, lá vou ensinar, dar algumas dicas sobre a personalização das unhas. beijos, sua presença é importante no Blog. Obrigada.

http://unhasale.blogspot.com.br/