segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ah... se eu pudesse...


Filha; se eu pudesse te tirar os medos, se eu pudesse te dar só sorrisos, se fosse possível nunca te dizer não. Se eu pudesse te livrar da madrasta má, das bruxas malvadas e do pai ausente. Se eu pudesse te ensinar que amar é suficiente, que comer legumes e frutas te fará viver mais e melhor. Se eu pudesse realizar todos teus sonhos, e te mostrar que o papai do céu existe, se eu pudesse fazer de ti a criança mais feliz e pudesse apagar do teu futuro os momentos de tristeza e incompreenção. Se eu pudesse aumentar tua convivência com o vovô e a vovó que tu tanto ama. Se eu pudesse arrumar lá no futuro somente um caminho pra ti trilhar, se eu pudesse ah filha! Te daria um caminho entre flores amarelas como tu gosta.
Se eu pudesse arrancar do teu futuro as má amizades e as pessoas invejosas. Se eu pudesse obrigar que a moda não mudasse de estação em estação pra que tu pudesse a acompanhar.. E se eu pudesse te dar caramelo na colher toda hora como tu gosta. Ah! Filha... se eu pudesse fazer de ti uma estrela e pudesse te fazer viver eternamente sem sofrimento. Se eu pudesse tirar do teu caminho as dificuldades de uma vida. Se eu pudesse te fazer mais rica e humana, mais inteligente e adorada, mais e mais feliz... ah filha! Eu faria.
Mas o que posso fazer por ti é amar-te eternamente. Eu posso agradecer todo dia a Deus por ter-me dado teus olhos castanhos pra olhar-me para o resto dos meus dias e tua boca que grita "mamãe te amo!" todo dia antes de ir pra escolinha. O que eu posso fazer, é te ensinar que mentir é feio, comer doce o tempo todo causa cárie e tomar refrigerante não é muito bom pra saude e pra tuas perninhas gordinhas. O que eu posso fazer filha, é educar você pra conviver com o mundo lá fora, com gente boa e gente ruim. Com grandes amores e grandes exemplos e pequenas agressões verbais e gente falsa. Filha o que posso fazer é ser mãe, ser tua amiga e ser pra sempre tua companheira. Te preparar pra vida como ela é e o resto... acredite em Deus, tenha fé. E sempre que tu fraquejar lembra de Gandhi (o filme que nós vimos ontem) "o amor sempre reina".
Te amo.

4 comentários:

felipe vargas disse...

Que lindo cara. espero que tu continue sempre sendo essa mãezona pra manu.
bah cara chorei desculpa e não tô mentindo

... disse...

O Vargas! Eu amo tu cara! É minha filha é a maior doidera da minha vida, to viciada nela. rsrsrs

Rô disse...

Garanto que ela trouxe além de amis força, muitos objetivos, muita alegria e claro mais amor pro teu coração.
Tu ta se saindo a melhor mãe do mundo!
E eu amo ver o crescimento de vocês!
Beijo Ro

Brunahhhhh disse...

Hahahahaha
Amo os teus textos... muito mais quando fala com ou sobre tua filha, tu é sul real de tão maravilhosa. Podia ser cronista. Aliás tu já éh!
Sabe... josi, não fica mal pela ausência do pai dela mesmo que inconscientimente, porque tu é mãe é pai e tu deu uma familia pra ela que é a melhor e mais adorada do mundo.E quando ele sentir a falta dela, ela o julgará. Você é doce e sabe que julgar não cabe a nós. Te amo.